Search
  • Isabel Arruda

A vida chama


Foi no outro dia.


Com o olho fixo na tela e com a desculpa de que era trabalho, meu filho se coloca entre o celular e eu.

Olhar atento buscando pelo meu.

Me chama pra vida.

Me diz, através do seu sorriso -cheio de dentes nascendo e baba escorrendo - que não é ali aonde eu deveria colocar a minha atenção naquele momento.

Sorrio de volta e ja mergulho novamente naquele espaço cheio de recortes da vida. “Preciso terminar de ler isso”, penso.

E lá vem ele de novo.

Com mais intenção, mais foco, com o sorriso ainda mais aberto. Disposto a conseguir o que quer.

Quando retribuo o olhar, ele bate palma.

Me chama pra vida.


Minha filha me chama pra vida quando quer me contar - em todos os detalhes possiveis - tudo sobre Harry Potter e Star Wars.

Anakin que era bom e virou mau é agora Darth Vadder, que é pai do Luke Skywalker. Harry potter que enfrentou o Lord Valdemore e o Dumbledore fez sei lá o que, com coisa e tal.

Absorta em pensamentos, finjo ouvir, entrando no modo - “Aham”, “é filha”, “uau”

Ela me pega no pulo e diz - mamaaaaae, com aquele tom de puxão de orelha e volta a discurssar sobre o lado negro da força.


O sol em chama pra vida quando me acorda com seu raio potente, driblando a cortina milimetricamente fechada.

Cada vez que se põe mais cedo, me lembrando que a vida é cíclica e que já já sentiremos muito a sua falta.


A água me chama pra vida quando mergulho em um lago gelado, e sinto todas as partes de mim arrepiar.

Sinto sangue correndo nas veias. Sinto energia.

To viva.


A vida chama.

Pro agora.

O tempo todo.

Será que estamos ouvindo?

4 views0 comments

Recent Posts

See All