Search
  • Isabel Arruda

Com amor, mamãe


Filhotes,

To aqui pensando umas coisas e senti de deixar registrado pra vocês.

Escrevo, com o coração aberto, enquanto observo meu papel como mãe.

Sabe, eu não quero que carreguem responsabilidades e pesos que não são seus. E é tão facil isso acontecer, sem a gente nem notar.

Eu liberto vocês da necessidade de agradar a mim e a todos a qualquer custo. De atender as minhas expectativas.

Quem as cria sou eu e vocês não tem nada a ver com isso.

Liberto vocês de crenças que foram adquirindo ao longo da vida e que não são suas. Se ouviram repetidamente de mim, aceitem o meu perdão.

Não carreguem mochila alheia, tampouco peso demais.

Vão deixando o que não cabe pelo caminho. Mas atenção, não se deixem pra trás.

Aliás, eu liberto vocês da obrigação de andar pelo mesmo caminho que andei.

Só vocês saberão qual trajeto escolher.

Se escutem.

Se silenciem.

Se questionem.

Não aceitem o óbvio.

Tenham pensamento critico.

Mamãe estará sempre aqui para guiar e ajudar, saibam que tem em nos um porto seguro. Porém, quem move os pés são vocês e as escolhas devem ser suas.

Liberto vocês da tentativa de serem perfeitos. Aproveito e já ensino que tal coisa não existe. Essa tal de perfeição é ideia ilusória que causa frustração e procrastinação da vida.

Façam. Arrisquem. Errem.

Liberto vocês de comparações. Com a prima, com a vizinha, com a colega de sala e a amiga de infância.

A comparação é uma grande prisão.

Liberto vocês do uso de toda e qualquer estratégia que tenham que desenvolver para se sentirem amados. Vocês já são.

Sendo exatamente quem são.

Liberto vocês da vergonha, da culpa e da sensação de inadequação quando acharem que falharam.

Junto à manada, está a dormência do inconsciente coletivo.

Desconfiem.

Novamente questionem.

Não se deixem moldar pelo que o mundo te diz que é o correto.

Siga sua curiosidade e intuição.

A verdade é sutil. Não grita, e sim sussurra.

Amo vocês com todo o meu coração.

Com amor,

Mamãe

4 views0 comments

Recent Posts

See All