Search
  • Isabel Arruda

Passos, listas, receitas e roteiros prontos



5 passos para você ser mais feliz.

10 coisas que você precisa fazer para ter sucesso.

3 fórmulas mágicas para criar seu filho.

2 piscadas de olho para transformar sua vida.

17 pulinhos para se livrar dos seus medos.


Me perdoem os profissionais de marketing, mas pra mim, a vida não tem fórmula, lista universal, tampouco receita a ser seguida. Deixo isso para o bolo e empadão. Se bem que também não as sigo, vou de olho mesmo.

As vezes fica mais puxado no sal, outras falta farinha.


Mas voltando as listas e passos.

Não acredito neles.

Acredito que não tem caminho pronto ou roteiro único para coisa alguma.

Sucesso é um conceito bem do subjetivo e felicidade tem significados diferentes para cada um.


As fórmulas prontas são uma cilada, Bino. Diz que não. Foge. Corre rápido. Sem olhar pra trás.


Eu já caí em algumas dessas armadilhas.

Muitos de nós cai, em algum momento de cegueira ou desamparo.

Quando buscamos,desesperadamente, respostas prontas e atalhos milagrosos. Seria tão mais fácil e menos sofrido.


Vou te contar uma vez que caí. Mãe de primeira viagem. De nada sabia. Insegura, apelava para as listas prontas. “Devo ser uma péssima mãe mesmo”, pensava, pra não conseguir fazer esse bebê parar de chorar, apoiada pelos inúmeros artigos e listas que seguia.


Nem preciso contar que o final dessa história não é feliz.

Frustração generalizada.

Quando parei de seguir os passos, me libertei.

Fiquei leve.Me senti pluma.

E passei a sentir o que aquele serzinho único precisava.

E isso aconteceu em vários momentos da minha vida. Pessoal ou profissional.


Mas a vida, essa fanfarrona, me ensinou que o melhor caminho é o meu caminho.

O único caminho é o meu caminho. E isso serve para mim e para você.


Usar método fechado é encaixotar a originalidade que habita em cada um de nós. Encaixotar só mesmo os móveis em dia de mudança. Não a vida.


Joga fora a receita. Só guarda a do pão de azeitona.

Esquece os roteiros prontos. Mantém só o de Paris.

Abandona a lista universal e começa a rascunhar a sua própria.

Abraça o improviso. Cresça no caos.


E no final de tudo isso, dê 3 rodadinhas, pule de um pé só, faz 5 caretas e vai ser feliz

5 views0 comments

Recent Posts

See All