Search
  • Isabel Arruda

Um dia posso não mais voltar


Um dia posso não mais voltar.

Posso deixar esse texto inacabado, com reticências apenas.

Posso não voltar do supermercado quando fui apenas comprar banana.

Do salão quando fui retocar as luzes.

De uma viagem ali pertinho.


Um dia posso não mais voltar.

De um dia de trabalho, de levar meu filho na creche ou do happy hour com a amiga que demorou tanto pra acontecer.

De uma soneca da tarde ou de um coma profundo.


Você pensa nisso?

Eu não pensava. Morte sempre foi assunto tabu.

Não se fala nela, e fingimos que somos imortais.


Finjo ser imortal, enquanto dirijo dopada cruzando a maior favela do Rio de Janeiro diariamente.

Finjo ser imortal quando digo que só serei feliz quando tiver sucesso, dinheiro e coisas mais, nem que isso demore uma vida para acontecer.

Finjo ser imortal quando adio o amor. Sorrisos. Experiências.

Finjo ser imortal quando passo mais tempo fazendo coisas que odeio, do que amo.


Um dia, continuamos repetindo, ano após ano.


E, de repente, uma pandemia nos alerta que um abraço pode ser letal.


Só confrontamos a morte, quando alguém se vai. Aí sim é uma tragédia.


Estou assistindo uma série de documentários, chamado Unsolved Mysteries, que me fez pensar. Daquelas histórias que uma pessoa desaparece de repente, sai pra comprar arroz e nunca mais volta, ou alguém com o perfil bonzinho-bompai-bomvizinho mata todo mundo.


Penso que essas coisas acontecem.

E não digo só esses eventos horrorosos.

Mas um dia podemos não mais voltar.


O coração simplesmente para de funcionar.

Um carro avança o sinal.

O tumor aparece.


Achamos que não acontece com a gente. Muita arrogância da nossa parte.


Se um dia não mais voltar, quero ter dito todos aqueles - Sinto Muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.

Quero ter dados todos os abraços e deixado cair todas as lágrimas.

Quero ter tentado. Ter amado. Ter superado.

Me jogado. Na água gelada. No sonho improvável. No escuro.


Todos os dias experimentamos nascimento e morte. Quando o dia inicia e quando se vai.

A morte de quem fomos naquele dia.


Que a gente não espere uma doença, um acidente, um grande susto pra nos lembrar que o tempo é limitado.


E um dia podemos não mais voltar.

A vida é agora.

Façamos bom uso💓

4 views0 comments

Recent Posts

See All