Search
  • Isabel Arruda

Vivendo o Agora


A gente acha que sabe.

A gente acha que entende.

A gente acha que controla.


O que vem amanhã.

O que faremos daqui a 2 anos.

Como será a vida aos 40.


A gente faz planos olhando pro horizonte, sem olhar pros pes fincados na areia.


Olhando para amanhã sem nos dar conta que é o hoje que faz o amanhã. “Depois eu sou feliz, primeiro deixa eu fazer isso aqui”. E o aqui se torna insuportável de se viver.

Meu filho é o meu gatilho para o tempo presente. Avistou a água e não pensou duas vezes - foi ao encontro daquilo que o faria feliz naquele momento.

Foi experimentar.

Foi sentir.


Sem a preocupação do que faria com a roupa suja de areia e sem a antecipação de uma possivel gripe.

Instintivamente buscando aquilo que fez seus olhos brilharem. Atendendo a sua curiosidade.


Adultos racionalizam demais e sentem de menos.

E olham para frente em busca de salvação e olham para trás em busca de justificativas, negligenciando esse espaço embaçado que se tornou o agora.


Mas aprendi, que o agora é a única coisa que há.

E isso basta.


Evitar o hoje é evitar a si mesmo.

E também a vida.

Não cometamos esse erro.

1 view0 comments

Recent Posts

See All